5 Sentidos

Exposição “Do Bom Despacho ao Livramento – o cortejo das açucenas” já está aberta ao público

None Ver Galeria

Já foi inaugurada, esta sexta-feira, a exposição “Do Bom Despacho ao Livramento - o cortejo das açucenas”, no Museu Etnográfico da Madeira. Natércia Xavier está visivelmente agradada com a mostra: “Queria muito sinceramente dar os parabéns por esta excelente prática colaborativa entre Museu Etnográfico da Madeira com a Casa Museu Frederico de Freitas, que já é um hábito e uma prática regular, e com Museu de Arte Sacra, instituição da comunidade, fazendo esta ligação à Diocese”. A assessora adjunta para a Cultura falava em representação da Secretária Regional do Turismo e Cultura, e reforçou a valorização da “dimensão espiritual dentro daquela que é uma expressão religiosa e convocando outras pessoas, mesmo sem partilhar dessa fé, para que a possam conhecer e considerar e respeitar”.

Natércia Xavier sublinhou que “os caminhos da fé também passam por aí, para chegarem uns aos outros com outras linguagens” e mostrou-se “verdadeiramente maravilhada com este trabalho, que nos traz suportes do ponto de vista do património documental”.

“Podemos podemos aprender, a partir destas evidências documentais em exposição, a partir de criação artística de pessoas que já não estão cá mas que tiveram um olhar diferente sobre aquilo que é nosso”, disse ainda.

A exposição tem curadoria de Martinho Mendes, por meio de um trabalho de pesquisa que cruza várias áreas do conhecimento- etnografia, botânica e artes plásticas.

A exposição “Do Bom Despacho ao Livramento – o cortejo de açucenas” junta-se ao número de projectos que o Museu Etnográfico tem mantido ao longo do ano: três exposições temporárias, quatro itinerantes e duas online. Até ao momento, o Museu contou com 7000 visitantes.

A exposição estará patente ao público até 7 de Dezembro.