ONU e União Europeia disponíveis para ajudar afectados pelo sismo

Irão /
13 Nov 2017 / 10:21 H.

O coordenador das Nações Unidas no Irão, Gary Lewis, expressou hoje as condolências pelas vítimas do terramoto que atingiu a zona ocidental do país mostrando disponibilidade para qualquer ajuda que venha a ser solicitada.

O número de vítimas mortais do sismo que atingiu no domingo o nordeste do Iraque e as regiões fronteiriças no Irão e na Turquia subiu 328 no lado iraniano, de acordo com um novo balanço do Instituto de Medicina Legal.

“Transmito as minhas mais sinceras condolências ao governo e ao povo do Irão pelo terramoto na fronteira ocidental (...) A ONU está pronta a disponibilizar ajudar caso seja solicitada”, escreveu Lewis numa mensagem difundida através da rede social Twitter.

O terramoto atingiu as povoações iranianas de Kermanshah, Ghasr Shirin, Sarpul e Argale tendo atingido o território do Iraque.

Da mesma forma, a alta representante da União Europeia para os Assuntos Externos, Frederica Mogherini, ofereceu também apoio ao Irão e ao Iraque.

“Sabemos muito bem que é difícil quando há um terramoto de semelhante magnitude (7.3 na escala de Richter). Aproveito para expressar a disposição da União Europeia para apoiar da forma que se considerar últil”, afirmou Mogherini.