Director dos Serviços Secretos dos EUA admite “ameaça” do programa nuclear norte-coreano

13 Fev 2018 / 18:43 H.

O director nacional dos Serviços Secretos norte-americanos, Dan Coats, advertiu esta terça-feira que o programa nuclear norte-coreano representa uma “ameaça real” para os Estados Unidos: “É preciso ter em mente que este problema existe, é bem real para os Estados Unidos”, disse Dan Coats durante uma audição no Congresso norte-americano.

Segundo o responsável, interrogado pelos membros da Comissão de Inteligência do Senado, é chegada a hora de “tomar uma decisão sobre como responder [a esta ameaça] que se se aproxima”.

“O nosso objectivo é chegar a um acordo pacífico. Nós exercemos pressão máxima sobre a Coreia do Norte de maneiras diferentes”, disse o responsável norte-americano.

O líder norte-coreano, King Jong Un, equipara “qualquer esforço para fazê-lo desistir das suas armas nucleares a uma ameaça existente para a sua nação e, especialmente, para a sua liderança”, de acordo com Dan Coats, que lamentou a “natureza provocatória e a instabilidade manifestada por Kim”.

Outras Notícias