Vento já condiciona aeroporto com voos às voltas e a divergir

A norte a chuva chegou ao vermelho

19 Abr 2018 / 08:27 H.

O mau tempo já começou a fazer-se sentir e está a ter efeitos nas operações no Aeroporto da Madeira, onde um voo proveniente de Lion, o QS 3706 identificado como Travel Service, acabou por não aterrar no Funchal, tendo divergido inicialmente para Tenerife, nas ilhas Canárias, mas mudado entretanto a rota e optado pelo Porto Santo. Também o voo da manhã da Easyjet proveniente do Porto já regressou a origem sem ter deixado os passageiros. O da TAP de ligação do Porto está a fazer um compasso de espera, aguardando melhores condições para se fazer à pista do Cristiano Ronaldo. A aterragem estava prevista para as 8 horas.

O vento já motivou alertas para a Costa Sul por parte do Instituto Português do Mar e da Atmosfera. Na última hora há registo de uma rajada a 93 km/h na zona do aeroporto e o vento médio soprou a 58 km/h.

Apesar do mau tempo parecer estar ‘atraso’ a Sul, a Norte já choveu muito, desde ontem à noite, sobretudo em Santana, onde a quantidade registada em 6 horas (até as 2h50) atingiu o ‘vermelho’ (74,5 mm/6h). Também São Vicente já ameaçou atingir o vermelho (56,4 mm/6h).

Desde as 5 horas da manhã, até ao meio-dia de hoje o IPMA colocou a Costa Norte e as regiões montanhosas no laranja devido à precipitação. O aviso, o segundo mais grave, aligeira a Sul, estando no amarelo para o mesmo período, assim como para o Porto Santo.

De referir que está em vigor para hoje ainda um aviso amarelo para o vento na costa Sul. As previsões davam conta de que vai soprar forte do quadrante Norte, com rajadas ate 80 km/h, em especial nos extremos Oeste e Leste da ilha da Madeira, mas este valor já foi ultrapassado.