PCP contra assimetrias nos transportes públicos da região

19 Mai 2017 / 16:53 H.

O PCP realizou, hoje, uma iniciativa sobre os transportes públicos na Região. “Depois do percurso em autocarro, na carreira da companhia de transportes públicos Rodoeste, entre a Ribeira Brava/Funchal, foram apontadas as desigualdades que separam o serviço prestado na cidade do Funchal dos restantes concelhos da Região. Desigualdade que caracteriza a oferta diferenciada do serviço, da qualidade, do preço.”

Em nota à comunicação social, o partido diz que “também foram apontadas as discriminações negativas que penalizam quem vive fora dos centros concelhios, que prejudicam quem vive nas periferias e zonas altas.”

“Tudo isto, porque o transporte público não tem merecido a devida atenção da parte dos poderes públicos nesta Região.”

O partido, pelas razões referidas, vai tomar duas iniciativas parlamentares e enunciou os seguintes objectivos: Criação do bilhete único para os transportes públicos na Madeira e a aplicação do mesmo sistema tarifário; Criação do “Passe Social com tarifa única”, aplicada para todos os operadores e em moldes inter-concelhios.