Paula Cabaço participou em conferência internacional sobre tendências do turismo, em Lisboa

Lisboa /
21 Nov 2017 / 17:53 H.

“Existe uma clara sintonia entre aquilo que se defende para o futuro do setor, no espaço europeu e a estratégia que a Madeira tem vindo a seguir, quer no que respeita ao seu desenvolvimento sustentável e integrado, quer no que toca à necessidade de incentivar o investimento na requalificação e melhoria contínua da oferta turística”. A afirmação é da Secretária Regional do Turismo e Cultura, Paula Cabaço, que hoje participou na III Conferência Internacional do Turismo Trends&Dynamics’17, em Lisboa. Uma iniciativa organizada pela Eurodeputada madeirense Cláudia Monteiro de Aguiar, que trouxe à capital portuguesa o secretário-geral da Organização Mundial do Turismo, Taleb Rifai.

Marcando presença numa reflexão que, segundo refere, foi “altamente positiva e construtiva, graças ao contributo das mais diversas individualidades”, Paula Cabaço entende que o futuro desta actividade, na Região, obriga “a uma preocupação que alie, simultaneamente, a sustentabilidade, a qualidade e a evolução positiva dos indicadores de produção”, sendo certo que “sejam quais forem as perspectivas ou as projecções a fazer, importa manter a confiança e a convicção na qualidade do destino e o empenho necessário para que, acreditando no produto, sejamos capazes de fazê-lo crescer, continuamente”.

“Falar do futuro do turismo na Madeira implicará, sempre, falar de consolidação, de sustentabilidade e de identidade. De qualidade de vida e bem-estar. De capital humano e patrimonial que importa valorizar. E, sobretudo, de correspondência e honestidade entre o que se vende e o que realmente temos para oferecer, reforçando-se, desta forma, a confiança que depositam em nós e a consequente fidelização de quem nos procura”, reforçou a governante.

Referindo-se, concretamente, às temáticas analisadas durante a Conferência, a governante afirma que, na Região, “o recurso ao digital é já uma realidade que muito tem sustentado uma promoção actualmente mais eficaz porque concentrada, interactiva e direccionada ao consumidor final, na base das novas tecnologias”.

Paralelamente, o compromisso pela sustentabilidade foi outra das matérias em apreço que Paula Cabaço encarou com satisfação, dado que se trata de uma área em que «a Região soma pontos, quer do ponto de vista da hotelaria e dos reconhecimentos internacionais que têm vindo a ser ganhos, quer do ponto de vista da preservação natural que tem vindo a ser trabalhada, transversalmente, pelo Governo Regional, até para manter aquele que é um dos principais activos do destino, tanto mais numa altura em que a afirmação do turismo de natureza ganha maior espaço e cada vez mais procura».

Subordinada ao tema ‘Mega Drivers for Future Tourism’, esta iniciativa abordou diversas temáticas relacionadas com o sector. ‘Tornar os destinos inteligentes e sustentáveis’, ‘Fomentar o investimento turístico’, ‘O mundo digital poderá melhorar a experiência de viajar?’ e ‘Competências para o Futuro no Turismo’, foram alguns dos temas em debate, contando com oradores como o diretor-geral da Airbnb para Portugal e Espanha, Arnaldo Muñoz, o director da UBER Portugal, Tomás Belchior, o presidente do Portugal In, Bernardo Trindade e o ex-secretário de estado do Turismo, Adolfo Mesquita Nunes.

Outras Notícias