Loja do Munícipe do Caniço terá Julgados de Paz, anuncia Filipe Sousa do JPP

20 Mar 2017 / 14:32 H.

A novidade foi avançada, esta manhã, pelo líder do Juntos pelo Povo (JPP) e presidente da Câmara Municipal de Santa Cruz, Filipe Sousa: a Loja do Munícipe do Caniço vai contar com um serviço de Julgados de Paz, provavelmente ainda este ano.

“Não baixamos os braços e já encetamos conversações com o Governo da República, no sentido de garantir mais serviços para esta centralidade e, assim, melhor servir o Caniço e o concelho de Santa Cruz”.

Filipe Sousa sublinha a receptividade por parte do Governo central, na resposta às autarquias, sem olhar a partidos. Já a nível regional, o cenário é muito diferente.

Recorde-se que o Executivo de Santa Cruz disponibilizou, gratuitamente, alguns espaços na Loja do Munícipe, para que o Governo Regional trouxesse para ali alguns serviços, nomeadamente o de Finanças ou da Empresa de Eletricidade da Madeira. “Mas nem de graça, o PSD quis prestar esses serviços à população do Caniço”.

O líder do JPP lamenta que, “na ânsia de tomar de assalto, novamente, o município de Santa Cruz, o PSD venha criticar a câmara por não investir no concelho, quando se pode ver aqui um grande investimento, que não é aproveitado pelo próprio Governo, para melhor servir a população”.

Filipe Sousa não aceita que o interesse político-partidário prejudique a vontade de servir a população: “É de lamentar que o PSD venha mentir à população de Santa Cruz, dizendo que não houve investimento nos últimos três anos, sobretudo quando o próprio presidente do Governo Regional tudo prometeu à Região e nada fez até agora. É preciso não ter vergonha na cara. Neste concelho, o JPP está a resolver em três anos, problemas que o PSD criou durante trinta anos”.

Refira-se que a Loja do Munícipe do Caniço resulta de uma promessa eleitoral do JPP e de um grande investimento da autarquia. Foi inaugurada há quase um ano (3 de maio) e tem em funcionamento todos os serviços da Câmara Municipal e a Comissão de Protecção de Crianças e Jovens de Santa Cruz.

Outras Notícias