Casa do Voluntário será apoiada pelo Governo Regional com 7 mil euros mensais

11 Out 2018 / 17:29 H.

É no âmbito de um acordo de cooperação entre o Instituto de Segurança Social da Madeira e a Casa do Voluntário que será atribuída a essa instituição uma comparticipação financeira de prestação única de 10.682 euros e uma comparticipação financeira mensal no valor de 7.292 euros. Esta é uma das resoluções do Conselho de Governo, hoje reunido reunido.

Por outro lado, tal como o DIÁRIO já tinha anunciado, foram aprovadas diversas alterações ao Regulamento de Apoio ao Desporto, nomeadamente no que diz respeito aos apoios às diferentes áreas, sectores e escalões de prática desportiva. “Passados seis anos sobre a versão inicial do referido regulamento, tais alterações constituem uma resposta, quer às expectativas das associações, clubes e praticantes desportivos da Região, devidamente auditadas junto dos mesmos em tempo oportuno, quer às correcções que a experiência percorrida demonstrou serem adequadas ao nível de desenvolvimento desportivo alcançado”, refere nota do Governo Regional.

Outras resoluções:

- Autorizar a actualização em 2,2%, o montante das comparticipações mensais atípicas, determinadas no âmbito dos acordos de cooperação e de gestão celebrados entre o Instituto de Segurança Social da Madeira, IP-RAM e as Instituições Particulares de Solidariedade Social e outras instituições.

- Autorizar a celebração de um acordo de cooperação, na modalidade de apoio atípico, entre o Instituto de Segurança Social da Madeira, IP-RAM e a Mão Solidária - Associação de Apoio à Distribuição Alimentar na RAM, atribuindo, para o efeito, uma comparticipação financeira mensal no valor de 10.162,00 euros.

Outras Notícias