AIPES promove ‘I Mercado Social da Madeira’ no Tecnopolo

12 Set 2017 / 08:37 H.

A escassez de recursos é a questão central das Organizações sem fins lucrativos, que obriga à mudança de paradigma na forma como estas entidades se relacionam entre si e com os outros sectores, em especial com o 2.º sector.

Neste sentido, a Associação de Investigação e Promoção da Economia Social (AIPE), enquanto estrutura de apoio ao 3.º sector, propõe-se responder a este desafio, promovendo no próximo dia 26 de Setembro, pelas 14h30, com o ‘I Mercado Social da Região Autónoma da Madeira’, no Madeira Tecnopolo.

Num ambiente informal e dinâmico, entidades da economia social e empresas, durante três horas, terão oportunidade de desenvolverem um modelo de negócio assente num sistema de trocas (bens e serviços) sem recurso a dinheiro.

O espaço encontra-se-á divido em cinco áreas: comunicação e marketing, bens, materiais e instalações, educação e formação, voluntariado, organização e assessoria (jurídica, financeira, engenharia) e logística.

Para as empresas, este encontro constituirá uma oportunidade de estabelecer novas parcerias, criar uma rede de contactos mais diversificada, alargar o leque de clientes e ser reconhecida publicamente por contribuir para o desenvolvimento da comunidade local.

Por sua vez, as entidades da economia social terão a perspectiva de suprir algumas das suas necessidades, que se pode afigurar como o primeiro passo para uma grande mudança na vida daqueles a quem prestam apoio social.