Bruno de Carvalho vai impugnar eleições do Sporting e actos decorrentes

20 Set 2018 / 19:42 H.

O movimento ‘Leais ao Sporting’, que apoia o ex-presidente ‘leonino’ Bruno de Carvalho, anunciou hoje em comunicado que vai impugnar todos os atos do clube que decorram das eleições do dia 08 de setembro.

Esta tomada de posição segue-se à manifestada no próprio dia das eleições, quando Bruno de Carvalho e os seus apoiantes adiantaram a hipótese de proceder à impugnação do sufrágio que conduziu à vitória de Frederico Varandas, atual presidente dos ‘leões’.

A decisão é sustentada “por terem sido precedidas de várias ilegalidades, algumas já comprovadas pelos tribunais e revestidas de um grave desrespeito pela democracia”.

“Os factos fazem-nos estar juridicamente vinculados a impugnar todos os atos (...) sob pena de impossibilitar a defesa da honra dos visados, e da condição de sócios de pleno direito do Sporting Clube de Portugal”, refere ainda o comunicado.

No entanto, a lista liderada por Bruno de Carvalho refere que o pedido de impugnação poderá, entretanto, ser retirado: “Estamos disponíveis para, caso a verdade seja reposta e os plenos direitos de sócios restaurados, ponderarmos desistir das ações judiciais em curso”.

Bruno de Carvalho, após ter sido destituído de presidente do Sporting, apresentou uma lista às eleições de 08 de setembro, a qual não foi validada por estar suspenso de sócio.

Outras Notícias