Prisão preventiva para um de três suspeitos de tráfico de droga detidos em Beja

24 Jan 2020 / 02:33 H.

O Tribunal de Beja decretou hoje a prisão preventiva de um de três homens detidos por suspeitas de tráfico de droga, que compravam em Espanha e depois vendiam naquele concelho e em Lisboa, anunciou a GNR.

Os três homens, com idades entre os 24 e 34 anos, foram detidos pela GNR na quarta-feira, no concelho de Beja, na sequência de uma investigação por crime de tráfico de droga, refere a força de segurança, em comunicado enviado hoje à agência Lusa.

Um dos detidos, de 33 anos, o “principal suspeito” e com antecedentes criminais por tráfico de droga, foi presente hoje a tribunal, que lhe decretou a medida de coação de prisão preventiva, a mais gravosa.

O processo de investigação permitiu à GNR apurar que os três homens compravam droga em Espanha e depois vendiam a consumidores nos concelhos de Lisboa, a maioria, e de Beja.

Durante a operação, a guarda também constituiu arguidas duas mulheres, de 32 e 70 anos, por suspeitas de tráfico de droga, e efetuou seis buscas, sendo quatro domiciliárias e duas a viaturas dos suspeitos.

As buscas permitiram a apreensão de 4.274 doses de haxixe, 14 telemóveis, quatro anéis de ouro, dois computadores portáteis, uma balança digital de precisão, um veículo, um revólver, um ‘tablet’, um GPS, uma consola de jogos e 183 euros em dinheiro.

A ação foi efetuada pelo Núcleo de Investigação Criminal de Beja e contou com o reforço do Destacamento Territorial de Beja, do Núcleo de Investigação Criminal de Moura e dos destacamentos de Trânsito e de Intervenção de Beja.

LL // MLM