Recluso agredido até a morte em prisão na capital moçambicana

19 Jan 2019 / 08:45 H.

Um grupo de 21 reclusos agrediu um colega até a morte no Estabelecimento Penitenciário Provincial de Maputo, anunciou hoje o Ministério da Justiça, Assuntos Constitucionais e Religiosos (MJACR) moçambicano.

Na nota distribuída hoje à imprensa, o Ministério da Justiça disse que está a averiguar as razões que levaram os reclusos a agredir a vítima, prometendo responsabilizar o grupo.

“A justiça, em colaboração com outras instituições do sistema de administração da justiça, promete tomar medidas criminais”, garantiu.

Dados oficiais indicam que as cadeias moçambicanas registam uma sobrelotação de 222,1%, sem que seja visível uma alteração na tendência de abrandamento na ocupação excessiva.

Até dezembro de 2017, a informação anual da Procuradoria-Geral da República indicava que as cadeias do país tinham 18.185 reclusos em dezembro de 2017, mas o país possui uma capacidade máxima de 8.200.