Parceiros sociais têm hoje reunião extraordinária sobre saída do Reino Unido da UE

16 Jan 2019 / 08:39 H.

Os parceiros sociais têm hoje uma reunião extraordinária de Concertação Social para discutir medidas relacionadas com a saída do Reino Unido da União Europeia (’Brexit’).

O encontro foi convocado pelo ministro do Trabalho, Solidariedade e Segurança Social, Vieira da Silva.

A reunião tem como ponto único de agenda as “Medidas de Preparação e Plano de Contingência para a saída do Reino da União Europeia”, e contará com a participação do ministro dos Negócios Estrangeiros, Augusto Santos Silva.

O Governo anunciou na segunda-feira, no final da reunião do Conselho de Internacionalização da Economia, que vai disponibilizar 50 milhões de euros para apoiar as empresas portuguesas que exportam para o Reino Unido, para mitigar o impacto do ‘Brexit’.

A linha de crédito será direccionada a Pequenas e Médias Empresas (PME), através do sistema de garantia mútua, e servirá para se adaptarem internamente aos novos procedimentos de exportação que serão exigidos, à procura de novos mercados, mas também a necessidades de fundo maneio, uma vez que os prazos de recebimento podem aumentar.

Cerca de cem eurodeputados mostraram-se na terça-feira disponíveis para apoiar uma eventual suspensão, por parte do Reino Unido, do pedido de activação do artigo 50 da União Europeia, para possibilitar um adiamento da saída, no âmbito do ‘Brexit’.

O ministro dos Negócios Estrangeiros, Augusto Santos Silva, disse que Portugal apoiaria um pedido do Reino Unido para prolongar o período de negociações do ‘Brexit’, assim como uma eventual decisão de reverter a saída da União Europeia.

Outras Notícias