Neta de Robert F. Kennedy morre aos 22 anos vítima de overdose

02 Ago 2019 / 12:28 H.

Uma neta de Robert F. Kennedy, Saoirse Kennedy Hill, morreu na sua residência vítima de uma aparente overdose, noticia o diário New York Times, que cita duas fontes próximas da família.

O jornal diz que os serviços de emergência foram chamados quinta-feira à tarde para intervir na casa da família em Hyannis Port, em Massachusetts, onde morava a jovem.

A vítima foi levada para um hospital próximo, onde foi declarada morta.

“Os nossos corações estão despedaçados pela perda da nossa querida Saoirse”, escreveu a família Kennedy num comunicado divulgado pelos media norte-americanos.

“A sua vida foi cheia de esperança, promessa e amor”, acrescenta a família, que não refere a causa da morte.

Na nota, a família refere também a paixão da jovem pela luta pelos direitos humanos e pelo empoderamento das mulheres, assim como pelo seu trabalho com as comunidades indígenas no México.

Durante o liceu, Kennedy Hill contou a um jornal sobre a sua luta contra a depressão e, segundo o New York Times, participou nas marchas contra as armas de fogo.

Saoirse Kennedy Hill tinha 22 anos e era filha de Courtney Kennedy, filha de Robert F. Kennedy, e Paul Michael Hill, e estudou na Universidade de Boston.

Robert F. Kennedy (”RFK”) foi assassinado em 1968 aos 43 anos, quando era candidato às eleições presidenciais norte-americanas cinco anos após a morte do seu irmão, John F. Kennedy.

Robert tinha dez filhos.

Outras Notícias