Desmantelada “célula terrorista” em Maracaibo

23 Jan 2019 / 09:42 H.

As autoridades venezuelanas anunciaram que desmantelaram uma “célula terrorista”, na cidade de Maracaibo (oeste da Venezuela), tendo detido um dos três dos membros e confiscado armamento, uniformes militares e telemóveis.

“Numa operação conjunta, as Forças Armadas e o Corpo de Segurança do Estado de Zúlia, conseguiram desmantelar uma célula terrorista, integrada por três indivíduos que estavam escondidos num apartamento num complexo residencial de Isla Dorada de Maracaibo”, de acordo com um comunicado de imprensa do Ministério de Comunicação e Informação da Venezuela.

O documento, enviado à Agência Lusa, precisa que “os terroristas enfrentaram as autoridades”, tendo sido neutralizado “um dos integrantes”, mantendo-se “as buscas para capturar o resto da célula”.

Este grupo encontrava-se alojado no edifício Cláudia, tendo sido confiscado, uma metralhadora com supressor de som, uma pistola Glock, três granadas, 200 cartuchos calibre 9mm, três uniformes militares e dois telemóveis, explicaram as autoridades.

“Pensamos que [o grupo] se ia infiltrar na manifestação de 23 janeiro, fazendo uso da vestimenta militar, para gerar atos violentos, atentando contra a paz e a tranquilidade do nosso povo”, lê-se no comunicado.

O comunicado não precisa em qual manifestação se infiltrariam, se a de apoio ao Presidente Nicolás Maduro ou da oposição, no entanto nos últimos dias as autoridades advertiram os líderes opositores de que poderia haver violência na manifestação prevista para hoje.

Outras Notícias