Cinco mortos após explosão de condutas de aquecimento em hotel na Rússia

20 Jan 2020 / 14:35 H.

Cinco pessoas morreram e outras seis ficaram feridas na cidade russa de Perm quando as condutas de aquecimento de um pequeno hotel explodiram durante a noite e inundaram os quartos com água a ferver, disseram as autoridades.

O hotel de nove quartos ficava na cave de um prédio residencial na cidade, localizado perto dos Montes Urais, na Rússia.

Todas as vítimas - inclusive uma criança - estavam hospedadas no hotel, segundo as autoridades.

Três dos feridos foram hospitalizados com queimaduras.

A polícia russa abriu uma investigação sobre a tragédia.

A explosão deixou 20 edifícios, incluindo um hospital, uma escola e um jardim de infância, sem calor ou água quente em pleno inverno.

O parlamentar russo Oleg Melnichenko disse que, dadas as mortes, o Parlamento russo deve considerar uma proibição de hotéis ou albergues em caves de edifícios residenciais.

“Os albergues não devem ser abertos nas caves, onde estão localizadas todas as condutas”, disse Melnichenko.

No ano passado, o parlamento russo proibiu a abertura de albergues ou quartos de hotel nos apartamentos de prédios residenciais.