Nuvens raras embelezam os céus da Madeira e imagens já chegaram ao Japão

Tratam-se de nuvens asperatus, anteriormente conhecidas por undulatus. As fotos são da autoria de Rogério Pacheco

16 Ago 2019 / 11:03 H.

É um fenómeno raro para os céus da Madeira. De facto, é recorrente, na ilha, formarem-se nuvens lenticulares, o que acontece quando as massas de ar quente provenientes do mar encontram as massas de ar frio nas zonas montanhosas, mas desta vez a classificação é outra. Tratam-se de nuvens asperaturs, um novo tipo de nuvem que anteriormente também era conhecida por undulatus, informa o autor do blog ‘MeteoMadeira’, que na passada madrugada do dia 13 de Agosto, foi até à freguesia de São Jorge, concelho de Santana, retratar o surgimento desta nuvens.

O resultado das fotografias captadas por Rogério Pacheco, entretanto repercutidas pelo Facebook ‘Navegador Mensal’, impressiona. Tanto impressiona que as imagens já foram partilhadas num site japonês dedicado a fenómenos atmosféricos.

“Na madrugada desta terça-feira, 13 de Agosto de 2019, era visível desde a Costa Norte da Madeira, um tipo de nuvem peculiar sobre os picos mais elevados, conhecidas por asperatus, anteriormente também conhecidas por undulatus. Estas formações curiosas tiveram a duração de umas 3 horas, mudando regularmente o seu formato”, pode ler-se na descrição patente no blog ‘MeteoMadeira’.

Outras Notícias