Visita presidencial não se livrou de manifestação contra “inaugurações eleitoralistas”

Dirigentes do PTP foram mantidos à distância do local onde decorre o banquete (com vídeo)

18 Set 2019 / 14:19 H.

A visita presidencial à conclusão da obra do novo túnel da Ribeira de João Gomes, no Funchal, não se livrou de uma manifestação de protesto por parte de dirigentes do PTP.

Duas tarjas onde se liam “Parabéns máfia ‘no bom sentido’” e “inaugurações eleitoralistas e são protegidos pela justiça” foram exibidas por elementos do PTP, entre os quais Dionísio Andrade, Raquel Coelho e José Manuel Coelho, que acompanharam o fim do cortejo de celebração da conclusão da empreitada, ao longo da estrada repavimentada e servida por estruturas porticadas.

Os manifestantes foram mantidos à distância do local onde decorre o almoço/convívio. No final do troço intervencionado foram montadas várias mesas com um serviço de ‘cathering’ e churrasco, a fazer lembrar as inaugurações do antigo presidente do Governo Regional, Alberto João Jardim.