Vento já fez divergir sete aviões do Aeroporto da Madeira e um voo foi cancelado

16 Mai 2019 / 19:10 H.

O vento forte continua a condicionar o movimento de aterragens no Aeroporto da Madeira -- Cristiano Ronaldo, tendo feito divergir sete aviões para outros destinos, disse fonte aeroportuária. Um voo proveniente de Lisboa foi, entretanto, cancelado.

“Sete voos já tiveram de divergir, sendo que quatro estão no Porto Santo, dois foram para Tenerife e um TAP regressou a Lisboa”, informou a mesma fonte à Lusa.

Segundo a fonte, “até às 15:25 esteve tudo bem”, mas a partir daí, “devido ao vento forte”, não foi possível os aviões fazerem as aterragens, o que afectou as correspondentes descolagens.

Esta situação prejudicou as ligações de aeronaves da Condor provenientes de Frankfurt, Munique, Leizig, Dusseldorf e Hanôver, além de um da Transavia proveniente de Paris.

O voo TP 1695, da TAP, optou por regressar a Lisboa, explicou.

Um voo da Transavia, que esteve no Porto Santo, está de regresso ao Porto.

Há um voo da Condor que continua às voltas, na tentativa de conseguir aterrar no aeroporto madeirense.

Um avião da British Airways ficou na ilha dourada.

Entretanto, o voo TP 1696, proveniente de Lisboa com chegada à Madeira prevista para as 17h55 foi, entretanto cancelado.

Outras Notícias