Sindicato Democrático dos Professores da Madeira adere à greve às avaliações por tempo indeterminado

01 Jun 2018 / 18:49 H.

Numa nota de imprensa enviada há instantes às redacções, o Sindicato Democrático dos Professores da Madeira (SDPM) anunciou que vai aderir à greve às avaliações por tempo indeterminado, a partir do dia 12 de Junho de 2018.

“Na sequência da manifestação de professores e educadores ocorrida no Funchal, no passado dia 19 de Maio de 2018, na qual o SDPM participou activamente, foi aprovada por unanimidade dos docentes presentes uma resolução que exigia que fossem encetadas negociações imediatas com as organizações sindicais com vista à solução dos problemas elencados na mesma”, lê-se na nota, que conclui o seguinte: “Como os pressupostos de tal resolução não se vieram a verificar, nomeadamente em relação ao processo de regulamentação da recuperação do tempo de serviço”, o sindicato decidiu aderir à greve por tempo indeterminado.