Rui Barreto quer captar investimento da diáspora

“Temos uma rede enorme de portugueses espalhados pelo mundo, com muito sucesso, em muitas áreas”, diz o secretário

13 Dez 2019 / 17:02 H.

O secretário regional da Economia, participou, hoje, no segundo dia do IV Encontro de Investidores da Diáspora, a decorrer em Viseu, até amanhã.

Rui Barreto fez uma apresentação no painel “As Regiões Autónomas e a Diáspora”, onde garantiu que os contactos com associações empresariais, comerciais e profissionais no estrangeiro e as novas oportunidades de negócios e de cooperação, constituem uma prioridade no quadro das linhas orientadoras do programa do Governo Regional.

“A diáspora tem uma importância enorme para Portugal e para as duas regiões autónomas que dão uma dimensão atlântica, geopolítica e geoeconómica. Nós fomos um país de descobridores e somos um país de emigrantes. Temos uma rede enorme de portugueses espalhados pelo mundo, com muito sucesso, em muitas áreas. São pessoas que mantêm uma ligação forte ao seu país”.

Na ocasião, o tutelar da pasta da Economia referiu ainda que “estes encontros são importantíssimos para que nós todos, os que estão cá dentro e os que estão lá fora, possam estar ligados entre si. É uma oportunidade para fomentarmos os negócios, fomentarmos apoios estratégicos e ajudarmos a que Portugal seja cada vez maior. Há oportunidades, não só na internacionalização das empresas portuguesas, com parceiros portugueses que estão noutros países e que podem ajudar a que cheguemos mais longe. A Diáspora dá-nos essa dimensão mundial de globalização e estes encontros servem perfeitamente para, através da língua, das instituições, da estratégia nacional para a captação de investimento, se possa conhecer melhor os instrumentos e que isso se traduza em mais investimento, mais riqueza, mais emprego e mais coesão”.

Durante a deslocação a Viseu, o secretário da Economia aproveitou também para reunir com a secretária de Estado das Comunidades Portuguesas, Berta Nunes. A reunião realizou-se ao final da tarde de ontem e serviu para que a governante apresentasse um conjunto de medidas previstas pelo governo central para atrair mais investimento das comunidades.

Os Encontros de Investidores da Diáspora realizam-se anualmente, desde 2016, e visam disponibilizar aos empresários portugueses no estrangeiro o acesso a informação sobre as políticas públicas de apoio ao investimento, facilitando a criação de redes de contacto e parcerias.