Rua Dr. Fernão de Ornelas a ganhar novo mobiliário mas com ‘abusos’ antigos

Autarquia começou a colocar os bancos com iluminação. A rua continua a ser usada para estacionamento abusivo

16 Ago 2019 / 09:00 H.

A Rua Dr. Fernão de Ornelas, no Funchal, uma das mais movimentadas da cidade, volta a sofrer obras. Desta feita a instalação de mobiliário urbano (bancos), cuja instalação está quase concluída, além da praceta no Largo do Phelps, que servirá para múltiplas actividades.

Tal como prometido pela Câmara do Funchal, aquando da reabertura aos peões a 16 de Maio, com as obras concluídas seria implementado um novo esquema de circulação a partir da segunda-feira seguinte, há cerca de três meses, portanto, sendo que o troço da Rua Dr. Fernão de Ornelas compreendido entre o Largo do Phelps e a Rua do Ribeirinho de Baixo seria exclusivamente dedicado ao trânsito pedonal e circulação de viaturas de emergência, sendo que para operações de cargas e descargas seria permitida a circulação dentro do período horário habitual, entre as 22h e as 10h.

Neste particular, tem sido frequente, sobretudo à noite e aos fins-de-semana, situações como estas nas fotos, com carros particulares inclusive a tomarem conta do passeio e também operações de carga e descarga muito além da hora permitida (ainda que neste caso a foto tenha sido tirada dentro do período normal), situação facilmente comprovada com alguma fiscalização.

Refira-se, pela positiva, o ordenamento dado ao mobiliário das esplanadas, cada vez melhores e mais ordenados, numa rua por onde passa (quase) toda a gente, residentes e turistas, seguramente muitos milhares diariamente e até tem sido mais utilizado pelos partidos políticos em campanha. Rua esta que nas duas extremidades exclusivamente para transeuntes tem barreiras amovíveis, mas que não impedem os condutores mais destemidos a contornar pelo passeio.