PSD “satisfeito” com aplicação do Estatuto do Cuidador Informal

05 Dez 2019 / 19:21 H.

O Grupo Parlamentar do PSD manifestou esta quinta-feira, em uma reunião com a ACREDITAR - Associação de Pais e Amigos de Crianças com Cancro, satisfação pela aprovação e aplicação do novo Estatuto do Cuidador Informal. O encontro decorreu nas instalações da Assembleia Legislativa da Madeira.

Já ontem, depois de uma reunião com a Associação Nacional dos Cuidadores Informais, a deputada Rubina Leal sublinhou que este é o resultado de um longo trabalho, reconhecido pelas instituições. A deputada lembrou que Região é pioneira nesta matéria, já que foi a primeira do país a reconhecer e valorizar o papel dos cuidadores informais.

“Ser cuidador é uma tarefa muito exigente, que envolve, muitas vezes, 24 horas sobre 24 horas e aquilo que se pretendeu foi, precisamente, valorizar e dar uma compensação financeira àqueles que cuidam das pessoas que estão numa situação de incapacidade temporária ou até mesmo sem qualquer tipo de mobilidade”, disse.

Com a publicação da portaria, no passado dia 20 de Novembro, que aprova o regulamento do Estatuto do Cuidador Informal, todos aqueles que estão nestas condições e que não beneficiavam de qualquer tipo de apoio poderão agora contar com essa ajuda, podendo a mesma ser solicitada junto da Segurança Social.