PS-M critica “caos” em que se encontra a Saúde na Região

18 Fev 2019 / 22:30 H.

A Comissão Política do PS-Madeira lamenta o “caos em que se encontra a saúde na Região”. No final da reunião, o presidente do partido, Emanuel Câmara, destacou os principais problemas do sector da Saúde,como a “redução de 12,5 milhões de euros no investimento nos centros de saúde em 2019, o que fará com que tenhamos menos 283 mil consultas”.

“Onde é que está aquela Saúde que era uma referência e que foi durante alguns anos apontada como uma bandeira da nossa Região”, pergunta Emanuel Câmara.

O líder dos socialista apontou também as cerca de 40 mil consultas hospitalares em espera, assim como as 20 mil pessoas em lista de espera para cirurgia. “É este o resultado da incompetência deste governo que ainda gere os destinos da RAM”, sustentou Emanuel Câmara que espera que a 22 de setembro “os madeirenses e os porto-santenses ponham fim a este ciclo”.

A resposta para os problemas na Saúde “nunca poderá estar dentro daquele partido que já nos governa há 42 anos, mas sim no Partido Socialista, com políticas novas, com pessoas capazes e com ideias novas para gerir os destinos da RAM, comandadas por Paulo Cafôfo”.