Procura por máscaras aumenta na Madeira devido ao coronavírus

28 Jan 2020 / 20:00 H.

Desde hoje que a procura por máscaras cirúrgicas tem crescido no Funchal. De acordo com a informação dada ao DIÁRIO por algumas das farmácias que haviam sido contactadas na manhã de segunda-feira, o dia de hoje ficou marcado por uma quase ruptura de stock em dois desses estabelecimentos. Lembre-se que, aquando da primeira abordagem, as várias farmácias ouvidas pela nossa reportagem deram conta de que a procura até então era bastante residual.

Ora, conforme o DIÁRIO fez também saber ontem na sua edição impressa, o uso de máscara não é tido por completamente fiável no evitar do contágio, embora a sua utilização possa servir para reduzir o contacto das mãos com a boca e o nariz, vias de contágios primordiais.

Herberto Jesus, presidente do Instituto de Administração de Saúde (IASAÚDE) dava conta, na tarde de segunda-feira, que adoptar medidas de protecção básicas eram suficientes para evitar o contágio. Lavar as mãos regularmente com água e sabão e proteger as vias respiratórias aquando de um espirro ou tosse deverão ser o bastante para prevenir infecções com o coronavírus.