Medicina Nuclear do SESARAM sem lista de espera

20 Mai 2019 / 18:21 H.

O Serviço Regional de Saúde (SESARAM) emitiu um comunicado em que informa que a Unidade de Medicina Nuclear do Serviço de Saúde da RAM, desde o dia 22 de Março até ao momento, já realizou mais de 300 exames, dos quais cintigrafias ósseas, linfocintigrafias para detecção de gânglio sentinela, osteodensitometrias e tomografias de emissão (SPECT). Neste momento, segundo o serviço, não existe lista de espera nesta unidade.

Desde a suspensão do coordenador da unidade, Rafael Macedo, em Março que está em vigor um protocolo com os Hospitais Universitários de Coimbra, através da deslocação de especialistas em Medicina Nuclear.

Segundo o SESARAM, regista-se uma média superior ao número de exames realizados antes na Unidade de Medicina Nuclear.

O novo modelo de organização do serviço, prevê que os exames sejam agrupados para um determinado período.”A realização dos exames de Medicina Nuclear está plenamente assegurada e há que reconhecer o empenho e profissionalismo dos médicos de Coimbra e de todos os profissionais da Unidade de Medicina Nuclear do SESARAM, pela excelência do trabalho desenvolvido”, refere o comunicado.