Interdições cresceram 573% na Madeira

13 Dez 2018 / 07:00 H.

Bom dia caros leitores e leitoras. ‘Interdições como nunca’ é o tema que faz manchete na edição desta quinta-feira do DIÁRIO, dando conta de que o número de processos de interdição de pessoas incapazes de cuidar de si próprias ou de gerir os seus bens cresceu 573%, em 2018, na Região. Tudo por causa de uma exigência governativa que está a congestionar a Justiça.

Como grande mancha fotográfica surgem Miguel Albuquerque e Paulo Cafôfo, que durante a inauguração de um empreendimento privado motivaram um despique político. O presidente da Câmara Municipal do Funchal criticou os maus números da Educação e o chefe do executivo madeirense mostrou os bons números da Economia.

Ainda em termos políticos, saiba de tudo o que se passou na Assembleia Legislativa da Madeira, a propósito da discussão do Orçamento para 2019, documento ao qual o PS apresenta 35 propostas de alteração.

Da política para a Saúde, há mais 6% nas listas de espera para cirurgia. Para que se tenha uma noção, em Junho eram 17.102 utentes que aguardavam por 19.774 intervenções.

50 hotéis integram ‘InMadeira’ e o Governo dos Açores que dá ao desporto um terço do que atribui o Governo da Madeira são outros temas com ‘chamada’ de primeira capa.

Desejamos boas leituras com o seu DIÁRIO e uma excelente quinta-feira.

Outras Notícias