Hospital do Funchal realizou 3.283 cirurgias em 2017

11 Set 2018 / 18:59 H.

No âmbito da sua política de proximidade e diálogo, o secretário regional da Saúde, Pedro Ramos, reuniu hoje com os profissionais de saúde afectos ao Serviço de Cirurgia do Serviço de Saúde da RAM, um serviço que realizou, em 2017, mais de 3.200 operações.

No total são 34 médicos, 78 enfermeiros e 30 assistentes operacionais. Todos estão empenhados no aumento da actividade produtiva do serviço e em assegurar todas as condições de qualidade formativa aos jovens médicos de forma a captá-los para o serviço.

O Serviço de Cirurgia, dirigido pelo médico-cirurgião Fernando Jasmins, e pelos enfermeiros chefes David Assis, Carlos Castro e Ana Elisabete Silva, integra as suas actividades ao nível da Consulta Externa, Bloco Operatório, Pequena Cirurgia, Internamento e Serviço de Urgência.

No ano de 2017, o serviço realizou cerca de 14 mil consultas hospitalares, 1433 cirurgias no bloco operatório, 163 cirurgias no âmbito do Programa de Recuperação Cirúrgica (PRC) e 1687 pequenas cirurgias.

Contas feitas, foram realizadas 3.283 intervenções cirúgicas no último ano, uma média diária de 9.

Este serviço, localizado no primeiro e segundo piso do Hospital Dr. Nélio Mendonça, é responsável pelo tratamento e internamento de mais 2.500 doentes (ano de 2017) em ambiente hospitalar, o que representa cerca de 14% do total dos doentes internados.

Na reunião foram abordados assuntos relacionados com a actividade do serviço, necessidades ao nível dos recursos humanos e foram apresentadas algumas propostas de melhoria a implementar a curto e médio prazo.