Grupo Parlamentar do JPP critica Albuquerque por ter anunciado medidas que chumbou na ALM

16 Dez 2018 / 17:54 H.

O JPP acusa Miguel Albuquerque de ter anunciado hoje, na Calheta, medidas de apoio aos idosos que chumbou a este partido na Assembleia Legislativa da Madeira (ALM).

De acordo com um comunicado do Juntos Pelo Povo (JPP), o Grupo Parlamentar apresentou na passada semana, aquando da discussão do Orçamento da Região para 2019, diversas medidas de apoio aos idosos, onde se destacam o complemento financeiro para pensionistas e reformados, o apoio na aquisição de medicamento, o apoio na aquisição de materiais de apoio (mais conhecido como ajudas técnicas) e, inclusivamente, os subsídios de incentivo a projectos comunitários, descentralizados e de proximidade, de apoio à população idosa, numa vertente de promoção do envelhecimento activo.

Medidas que, segundo o JPP, foram amplamente criticadas pela maioria PSD-Madeira e chumbadas em sede de discussão do OR para 2019, sendo curioso que, dois dias depois, as mesmas sejam anunciadas pela maioria PSD.

“O Governo PSD demonstra a sua renovação camaleónica, cujo princípio fundamental é chumbar propostas meritórias e fundamentais à população, em vez de fazer das necessidades desta mesma população, o princípio da sua governação”, acusa do JPP, entendendo que, mais do que nunca, o Governo Regional tem de “centrar o seu investimento com uma visão de futuro, onde o apoio à natalidade e a promoção do envelhecimento activo terão de ser prioridades”.

O envelhecimento demográfico é um dos grandes desafios do século, sendo por isso fundamental, aplicar “medidas de apoio que permitam aos idosos beneficiar de uma Vida com dignidade e, sempre que possível, na sua zona de conforto”, refere o JPP.

Outras Notícias