Escolas treinam situações de emergência

12 Jun 2019 / 16:58 H.

No âmbito do projecto Educação para a Segurança e Prevenção de Riscos, foram treinados os planos de emergência em várias escolas da Madeira durante a semana transacta. As situações simuladas foram as de incêndio no edifício, o que implica a evacuação completa da comunidade escolar em resposta a um sinal de alarme pré-definido, assim como o treino de outras missões de emergência como, por exemplo, os cortes de energia, a confirmação da evacuação ou a chamada para o 112.

As situações foram treinadas na Escola Básica e Secundária Lucinda de Andrade (dia 4 de Junho), no Auxílio Maternal do Funchal (5 de Junho) e na Escola Básica e Secundária da Ponta do Sol e na Escola do 1.º ciclo do Lombo de S. João (dia 7 de Junho), na Ribeira Brava.

No caso de estabelecimentos de ensino como o Auxílio Maternal, com crianças com idades inferiores a seis anos, portanto mais dependentes dos adultos, o treino é ainda mais importante. No estabelecimento supracitado, apesar do grande número de alunos, o exercício correu de forma organizada, eficaz e exemplar.

Em todos os simulacros estiveram presentes elementos da Secretaria Regional de Educação, do Serviço Regional e Serviços Municipais de Protecção Civil, da PSP e dos bombeiros locais, com a missão de auxiliarem a identificar e melhorar todos os procedimentos inerentes ao processo.

Outras Notícias