Dívida bruta da APR da Madeira baixa para 4.795 milhões de euros

02 Jan 2020 / 11:58 H.

No final do 3.º trimestre de 2019, a dívida bruta da Administração Pública Regional da Madeira situava-se em 4.795 milhões de euros, tendo recuado aproximadamente 94 milhões (-1,9%) face ao final do trimestre anterior e diminuído cerca de 21 milhões (-0,4%) comparativamente ao período homólogo.

Segundo nota da Direcção Regional de Estatística da Madeira, que divulga os dados oficiais, “a redução de dívida em termos trimestrais é explicada pela amortização de empréstimos que constituem a carteira de dívida da APR”, baixando de 3.047 milhões de euros para 2.953 milhões de euros, sendo que os títulos de dívida (outro dos instrumentos financeiros) mantiveram-se em 1.843 milhões de euros.

“Analisando a evolução da composição da dívida bruta por instrumento financeiro observa-se que o peso dos empréstimos diminuiu de 67,9% para 61,6% entre o 3.º trimestre de 2018 e o homólogo de 2019, sucedendo o inverso no que respeita à dívida titulada, cujo peso, no mesmo período, subiu de 32,1% para 38,4%”, frisa a DREM.

Nota ainda para a dívida líquida de depósitos, que rondou os 4.438 milhões neste 3.º trimestre do ano passado, tendo diminuído cerca de 42 milhões (-0,9%) face ao final do trimestre anterior, e recuado 40 milhões (-0,9%) comparativamente ao período homólogo.