Avaria atrasa chegada do avião cargueiro

22 Mai 2019 / 16:41 H.

Uma avaria numa das aeronaves do consórcio MAIS impediu que o avião cargueiro que liga Lisboa ao Funchal chegasse à Região na hora prevista, às 8h30.

O voo só saiu da capital portuguesas às 09h30, três horas e meia depois do habitual, tendo aterrado na Madeira ao meio-dia, e segundo a companhia Madeira Air Integrated Air Solutions (MAIS) teve que ser feito com recurso a aeronave de back-up baseada em Lisboa.

Segundo apuramos a operação está condicionada de novo amanhã e sexta-feira pois o consórcio de empresas que tem tentado potencializar o mercado de carga aérea entre o Continente e a Madeira, garantindo o abastecimento regular da Ilha e abrindo uma porta económica para as trocas comerciais entre o arquipélago e o Continente Europeu, vai ter que usar o mesmo avião, também com a saída de Lisboa às 09h30.

A companhia assume estar conscientes que durante o corrente mês não está a ter uma performance aceitável no que toca a horário, solicitando “a compreensão para um conjunto de azares que nos têm afectado fortemente”. “Azares” com consequências a diversos níveis, penalizando, por exemplo, a distribuição das publicações nacionais e encomendas expresso a cargo da SDIM.

No início deste mês, o avião cargueiro já havia sido notícia no DIÁRIO devido aos atrasos em Lisboa. O congestionamento do aeroporto da capital obrigou a companhia a desviar o aparelho para Espanha, prejudicando a operação com a Região.