Augusta Aguiar destaca livro no Caniço como exemplo de cidadania

07 Dez 2019 / 20:47 H.

O núcleo museológico da Casa do Povo do Caniço realizou este sábado a apresentação do livro ‘Caniço de campo a cidade, um álbum com legendas’.

Trata-se de uma obra documental inédita que integra a quase totalidade das fotografias que compõem a exposição permanente do núcleo museológico, inaugurado há cinco anos e que representa uma importante oferta de interesse cultural, patrimonial e turístico.

Na apresentação da obra esteve presente, em representação do Governo Regional, a secretária regional de Inclusão Social e Cidadania, Augusta Aguiar, que aproveitou a ocasião para destacar o “papel relevante que as Casas do Povo prestam junto da comunidade onde estão inseridas, num apoio de proximidade, com destaque para as atividades sociais, culturais, recreativas e desportivas que desenvolvem”, e por esse mesmo motivo “é importante esta nobre missão de divulgação de costumes e saberes”.

“Este livro, constitui uma forma de permitir à população local e a todos os visitantes, conhecer a história da cidade, as suas raízes culturais, e manter viva a sua identidade. Por isso, dirijo uma palavra de agradecimento aos responsáveis da Casa do Povo pela dinamização desta iniciativa”, sublinhou Augusta Aguiar, acrescentando que este contributo é “relevante para a construção de uma sociedade mais coesa, inclusiva e de exercício pleno da Cidadania”.

Para finalizar, a governante enalteceu, em nome do Governo Regional da Madeira, “o espírito voluntário que envolve todos os dirigentes da Casa do Povo, que há mais de 20 anos, dão tanto a esta instituição, prestigiando-a e servindo a comunidade local.”