Associação de promotores de banana critica visita de Cláudia Monteiro de Aguiar

ABAMA diz que reforço de ajudas comunitárias proposto não vai chegar aos que cultivam

17 Mai 2019 / 10:02 H.

A ABAMA - Associação de Organizações de Produtores de Banana da Madeira vem através de comunicado enviado à redacção criticar a visita da candidata ao Parlamento Europeu do partido Social Democrata Cláudia Aguiar na passada segunda-feira ao armazém dos produtores de banana na Ponta do Sol. Segundo Antonino de Abreu e José Sousa, que assinam a missiva, o reforço das ajudas comunitárias para a banana proposto não será para os agricultores.

“Apareceu a candidata do PSD Madeira no dia 13 de Maio de 2019, no Armazém dos Produtores de banana na Ponta do Sol, a propor um reforço das ajudas comunitárias para a banana, mas não para os agricultores ou seja, um aumento das ajudas para os gestores da Gesba e o Sr. secretário Humberto Vasconcelos” acusam.

A ABAMA está descontente com a actuação da Gesba - Empresa de Gestão do Sector da Banana e responsabiliza o Governo pela sua criação. A associação acredita que a ajuda comunitária para a banana tem sido usurpada. Em causa está a falta de actualização do preço ao produtor desde 2005, argumenta.

A associação diz que a confiança dos produtores na direcção da empresa está abalada e que os que se dedicam ao cultivo da banana estão a ser enganados. “Continuam a enganar os produtores de banana, iludindo-os com as ajudas, aumentando-as, intrujando o produtor”.

Contactado pelo DIÁRIO, o secretário regional da Agricultura e Pesca não dá credibilidade à associação e optou por não responder.