Aprovada restruturação da estrutura da CMF com criação de 12 novas unidades

27 Jun 2019 / 18:16 H.

Na sequência da reunião de Câmara, desta quinta-feira (27 de Junho), foram aprovadas por unanimidade alterações à estrutura organizacional do município do Funchal, que visam criar 12 novas unidades orgânicas.

O presidente da Câmara Municipal do Funchal (CMF) salientou o novo departamento ‘Águas do Funchal’, que compreenderá quatro divisões; o departamento financeiro, que contará com duas novas divisões orgânicas (uma que fará o acompanhamento dos contratos com maior relevância para o município e outra para trabalhar os financiamentos e as receitas consignadas, nomeadamente a questão dos empréstimos, dos fundos comunitários e de todos os instrumentos financeiros do município).

Miguel Silva Gouveia referiu ainda que neste reorganização “passou-se a dar também uma maior relevância à Loja do Munícipe, que ganhou uma unidade orgânica”, em resultado do “reconhecimento da trabalho que a divisão de atendimento e administração tem tido e da importância que tem tido na CMF na relação de proximidade com os munícipes”.

Estas alterações foram justificadas coma necessidade de “dar maior operacionalidade aos serviços”.

O autarca recordou que “existiram no passado um conjunto de contingências”, concretamente com o resgate do PAEL (Programa de Apoio à Economia Local), em 2012, que “obrigaram a reduzir fortemente as suas unidades orgânicas e, consequentemente o número de dirigentes de 72 para 34”, estando por isso a ser criadas estas novas divisões.

Foi ainda aprovada por unanimidade o lançamento de um novo concurso público internacional, no montante de 1.380.000, euros para aquisição por aluguer operacional 78 viaturas (38 viaturas ligeiras, 23 viaturas de pick-ups e 17 viaturas de mercadorias) para substituir as antigas, cujo contrato termina no início do próximo ano.