Ivo Vieira de olho na Taça da Liga

FC Porto e Vitória de Guimarães tentam juntar-se a Sporting de Braga na final

22 Jan 2020 / 08:44 H.

O FC Porto e o Vitória de Guimarães vão tentar juntar-se ao Sporting de Braga na final da Taça da Liga de futebol, quando se defrontarem hoje, em Braga, na segunda meia-final da prova.

Depois de o Sporting de Braga ter assegurado na terça-feira a primeira vaga, ao derrotar o Sporting por 2-1, ‘dragões’ e vitorianos vão tentar conquistar a segunda vaga, em encontro agendado para as 19:45, no Estádio Municipal de Braga.

Os ‘dragões’, segundos classificados da I Liga, procuram a sua quarta presença no encontro decisivo, depois das derrotas em 2009/10, 2012/13 e 2018/19, frente a Benfica, Sporting de Braga e Sporting, respetivamente.

Já os vimaranenses, sextos no campeonato, ambicionam chegar pela primeira vez à final, que vai ser disputada no sábado.

O treinador madeirense Ivo Vieira quer que o Vitória de Guimarães seja à sua “ideia de jogo” para derrotar o FC Porto e atingir a final da Taça da Liga de futebol.

“Espero um FC Porto forte, mas acima de tudo um Vitoria motivado e confiante, acreditando muito na sua ideia de jogo. A equipa vai, acima de tudo, pensar muito no que pode fazer e lutar muito por conquistar um espaço na final. Vai ser um jogo difícil para ambas as partes”, afirmou, na conferência de imprensa de antevisão ao encontro.

À espera de um “apoio massivo” dos adeptos do Vitória na bancada nascente do Estádio Municipal de Braga, o treinador de 44 anos lembrou ainda que “não há uma margem que possa ser recuperável” para um próximo jogo, razão pela qual pediu aos seus pupilos que “joguem olhos nos olhos” com a formação treinada por Sérgio Conceição.

Ivo Vieira considerou ainda que a turma minhota já é capaz de equilibrar os jogos frente a adversários mais cotados do futebol nacional, mas tem de começar a traduzir esses desempenhos em resultados.

“Não temos tido resultados abonatórios contra as equipas ditas ‘grandes’. Nós também o somos e temos de equilibrar essa questão. Temos tido tanta qualidade de jogo e tantas oportunidades como essas equipas fortes, mas a diferença faz-se nos golos”, reconheceu.

Apesar de o FC Porto ter perdido o seu mais recente jogo na I Liga, na receção ao Sporting de Braga (2-1), o ‘timoneiro’ vitoriano recusou acreditar em “fragilidades” e em “maus momentos” do próximo adversário, tendo preferido salientar o “plantel valioso, competitivo e bem orientado” dos ‘azuis e brancos’.

No primeiro duelo entre as duas equipas nesta época, em setembro de 2019, para a I Liga, que os ‘dragões’ venceram por 3-0, Ivo Vieira apresentou um ‘onze’ sem ponta de lança, mas avisou que a “melhor abordagem estratégica” no passado não é necessariamente a melhor agora.

Sexto classificado da I Liga, o Vitória de Guimarães é a pior classificada das quatro presentes na ‘final four’, mas o treinador rejeitou que a sua equipa é aquela que parte com “menor pressão”, já que venceu um grupo no qual estava o Benfica, líder do campeonato, e tem a “responsabilidade” de jogar bem.

Ivo Vieira revelou ainda que, na sequência de uma reunião em que esteve presente, os agentes do futebol português equacionam dar ao vencedor da Taça da Liga um lugar de acesso às competições europeias.

Tópicos