Dois recordes portugueses absolutos marcam primeiro dia dos nacionais de natação

01 Ago 2019 / 22:11 H.

Os recordes absolutos de Ana Guedes e de Alexis Santos foram hoje o destaque da primeira jornada dos Nacionais Absolutos/Open de Portugal de natação, que decorrem nas Piscinas Olímpicas do Funchal.

Ana Guedes, do Ginásio de Vila Real, estabeleceu uma nova marca nos 50 metros mariposa, de 27,00 segundos, quebrando o registo de Sara Oliveira que durava há oito anos (27,27), obtido em Eindhoven, na Holanda, em 07 de abril de 2011.

Seguiu-se novo feito, também nos 50 metros, mas em costas masculinos, prova em que Alexis Santos, do Sporting, conseguiu o tempo de 25,42 segundos, superando a anterior marca, que também lhe pertencia, de 25,44, obtida igualmente este ano, em 14 de abril, em Oeiras.

José Lopes, do Sporting de Braga, venceu os 1500 metros livres, em 15.25,72 minutos, Gabriel Lopes, da Louzan Natação, ganhou os 100 bruços, graças ao tempo de 01.02,58, e Glauber Silva, do Foca, tornou-se campeão nacional nos 50 mariposa, em 24,54.

Nos femininos, a nadadora do Sporting de Braga Tamila Holub, ganhou o ouro nos 1500 metros livres, prova em que já conseguiu mínimos para os Jogos Olímpicos Tóquio2020, com o tempo de 16.35,79 minutos, Ana Rodrigues, da Sanjoanense, ganhou os 100 bruços, categoria em que detém o recorde nacional, em 1.10,21, e Catarina Mestre, da Natação de Lisboa, foi a mais rápida nos 50 costas, ao fazer em 29,98 segundos.

Por fim, nas estafetas, o FC Porto dominou nos femininos, ao ganhar os 4x50 metros livres e 4x200, com os tempos de 1.47,46 e 08.28,94 minutos respetivamente, enquanto o Sporting bisou nos masculinos (01.34,01 e 07.38,59 foram as marcas)

Os nacionais de natação absolutos e de juvenis decorrem até domingo no Complexo de Piscinas Olímpicas do Funchal.

Outras Notícias