Avião com reclusos aterrou esta tarde no Aeroporto da Madeira

Veja o vídeo

10 Out 2019 / 12:48 H.

À semelhança do que aconteceu no passado mês de Agosto, o Estabelecimento Prisional do Funchal, na Cancela, volta hoje a receber reclusos provenientes de prisões do continente.

Os 35 reclusos, todos do sexo masculino, já chegaram ao Aeroporto Internacional da Madeira Cristiano Ronaldo, onde eram aguardados por dezenas de agentes da PSP e guardas prisionais.

Uma das razões que motivou esta transferência foi o facto destes reclusos não terem visitas de familiares no território continental, explicou a Direcção Geral de Reinserção e Serviços Prisionais, esclarecendo que “todos os reclusos transferidos reúnem os requisitos legalmente previstos no Código de Execução das Penas e Medidas Privativas da Liberdade”.

A Direcção Geral de Reinserção e Serviços Prisionais adiantou ainda que a capacidade dos espaços masculinos no Estabelecimento Prisional do Funchal encontrava-se nos 80% e que, com mais estes reclusos, ficou nos 91%, “ou seja aquém da sua capacidade máxima”.

Por fim acrescentou que “a opção por um movimento de transferência de um número elevado de reclusos prende-se com a gestão e economia de meios humanos e materiais”.

Tópicos