Noite de jazz este sábado no Cais do Carvão

20 Mar 2019 / 17:11 H.

A Câmara Municipal do Funchal (CMF) prossegue, este sábado, dia 23 de Março, a dinamização do programa cultural anual definido para o Cais do Carvão. Aliás, como hoje foi noticiado na edição impressa de hoje, dia 20 de Março, no DIÁRIO.

O Cais do Carvão vai acolher concertos gratuitos todos os meses e este será o primeiro sábado de programação após a inauguração, havendo actividades planeadas ao longo de toda a tarde, com uma mostra de artesãos locais a partir as 14 horas, sendo que o ponto alto serão as actuações de DonaZica (18h30) e do Madeira Jazz Collective (21h), num serão de ‘Jazz no Cais’.

Paulo Cafôfo enaltece o programa de espectáculos já definido e congratula-se “pela forma como este espaço está a ser devolvido à cidade, com concertos de tanto valor, adequados às suas características únicas”.

Este sábado, estarão presentes artesãos e empreendedores locais tais como The Crazy Wizard, Leonardo Afonso Luthier, Luís Jesus, Lex Lau, Caixa de Cores, Macrame Madeira, Vilhoa Craft Beer, Legs Eleven Coffee e Sweet & Salty.

Pelas 18h30 dar-se-á lugar à música, com a actuação de DonaZica com Sofia Almeida. Os DonaZica são um trio de jazz madeirense formado por Vítor Anjo na guitarra, João Sousa no contrabaixo e Paulo Gouveia na bateria. Habituados a tocar juntos em diversos projectos, propuseram-se a formar este trio como banda de suporte a outros solistas, das mais variadas origens musicais e, neste espectáculo, convidam a cantora Sofia Almeida para uma viagem pelos meandros do cancioneiro jazz americano, de Miles Davis a George Gershwin, passando por Richard Rodgers e Dizzy Gillespie, entre outros.

Depois do concerto, a programação prossegue com uma projecção multimédia por parte de Diana Serrão, com um tema de videoarte intitulado: ‘O Mar, o Carvão e o Jazz’. Segue-se, para finalizar a noite, a actuação do grupo Madeira Jazz Collective que, pelas 21 horas, realizará um concerto com temas originais.

O Madeira Jazz Collective foi formado em 2015 por músicos residentes na Região, assumindo-se como um projeto que tem por objectivo reunir músicos madeirenses num grupo em que a criatividade, as experiências individuais e as vivências comuns se encontrem ligadas pela linguagem universal do Jazz. É composto por Alexandre Andrade no trompete e fliscorne, Nelson Sousa no saxofone tenor, Pedro Pinto no trombone, Luís Filipe Freitas na guitarra, Ricardo Dias no contrabaixo e Jorge Maggiore na bateria.

No próximo mês, a 13 de Abril, o tema para o serão no Cais do Carvão será, por sua vez, ‘Blues no Cais’, novamente com diversos convidados.

Outras Notícias