Madeira

Revisões do Estatuto Político-Administrativo e da Constituição devem acontecer em separado

None

Ireneu Barreto defende que a revisão do Estatuto Político-Administrativo deve avançar, de forma a repercutir a evolução que a revisão da Constituição da República de 2004 veio permitir ao aprofundamento das autonomias. Um processo que não deve esperar nem se confundir com a Revisão da Constituição, defendeu o Representante da República, na cerimónia de comemoração do Dia de Portugal, de Camões e das Comunidades Portuguesas.

No Palácio de São Lourenço, em nome do Presidente da República, Ireneu Barreto condecorou com a Ordem de Mérito Muriel Ribeiro (do Hotel Penha de França), João Rodrigues (ex-atleta olímpico) e o grupo de música tradicional Xarabanda.

As comemorações incluíram, como habitualmente, o hastear da Bandeira Nacional, à entrada do palácio de São Lourenço, a deposição de flores no ‘Monumento ao Emigrante madeirense’, na Avenida do Mar, a actuação da Banda militar da Madeira, no pátio do Palácio.