Número oficial de mortos causados pelo furacão Maria sobe para 34

04 Out 2017 / 08:34 H.

O governador de Porto Rico, Ricardo Rosseló, disse na terça-feira que o balanço oficial do número de vítimas mortais causadas pelo furacão Maria aumentou de 16 para 34.

Segundo Ricardo Rosseló, 19 vítimas estão directamente relacionadas com o Maria e outras 15 com ocorrências relacionadas com o furacão.

Ricardo Rosseló também disse acreditar que o furacão causou prejuízos na ordem dos 90 mil milhões de dólares (76,3 mil milhões de euros) em toda a ilha.

O governador fez o anúncio numa conferência de imprensa após a curta visita de Donald Trump ao território norte-americano para avaliar o impacto do desastre natural.

Durante a visita, Trump congratulou os cidadãos de Porto Rico por evitarem um elevado número de vítimas de uma “verdadeira catástrofe como o Katrina”.

Donald Trump diz que dívida de Porto Rico vai ter de ser liquidada

Durante a sua visita a Porto Rico, Donald Trump disse que a dívida deste território terá de ser liquidada.

“Vamos ter de liquidar isso [a dívida]. Vocês vão dizer adeus a isso, não sei se é [o banco] Goldman Sachs, mas quem quer que seja pode despedir-se disso”, afirmou Trump numa entrevista à estação Fox realizada em Porto Rico.

“Vamos resolver isso”, sublinhou.

A falência de Porto Rico, com uma dívida impagável de cerca de 70.000 milhões de dólares (59.477 milhões de euros), é considerada a maior bancarrota de um território sob jurisdição dos Estados Unidos em toda a sua história.

O Conselho de Supervisão Fiscal para Porto Rico, aprovado pelos Estados Unidos, disse na terça-feira que acudir à crise humanitária causada pelo furacão Maria “de forma imediata e fornecer os fundos necessários para reconstruir a infra-estrutura crítica” é “um primeiro passo essencial para erguer novamente a ilha”.

Outras Notícias