“Estamos todos num projecto que é derrubar o PSD”

19 Mai 2018 / 21:37 H.

“Estamos todos num projecto e esse projecto é derrubar o PSD”. Foi desta forma directa que o líder do PS-Madeira, Emanuel Câmara, descreveu o grande objectivo do seu partido aos 11 presidentes de concelhias e 21 presidentes de secções que tomaram posse esta tarde, na sede da Rua da Alfândega.

Segundo Emanuel Câmara, a tomada de posse das estruturas locais representar o “organizar a casa convenientemente” para ganhar as eleições regionais do próximo ano, tendo Paulo Cafôfo como candidato a presidente do Governo Regional. “O PS é um partido que já existe antes do 25 de Abril, um partido que tem valores democráticos, que sabe o que é enfrentar ditaduras, portanto, nós, na Madeira, já estamos preparados para derrubar a ditadura que durante 42 anos nos manda na Região Autónoma da Madeira”, referiu o presidente dos socialistas madeirenses.

Por outro lado, Emanuel Câmara anunciou o PS como o maior guardião dos valores autonómicos: “Ninguém nos dá lições de Autonomia porque se houve protagonistas da Autonomia na Região Autónoma da Madeira eram pessoas de esquerda, eram pessoas socialistas, não eram aqueles que agora falam da Autonomia para defender os cargos que têm, os tachos que têm, as benesses que têm”.

Por fim, o líder socialista revelou que tem um café agendado com o secretário-geral do PS, António Costa, quando este vier à Madeira, na próxima semana. A uma jornalista que o questionou se apenas combinou um café, Emanuel Câmara adiantou: “Nos cafés acontece tanta coisa”.

Tópicos

  • 1
    $tempAlt.replaceAll('"','').trim()