Benfica supera sempre o FC Porto na fase de grupos ‘a dois’ da Liga dos Campeões

Europa /
16 Set 2018 / 14:12 H.

O Benfica teve sempre melhores prestações do que o FC Porto quando os dois rivais foram os únicos representantes portugueses na fase de grupos da Liga dos Campeões em futebol, cenário que se repete pela sexta vez.

Nas cinco ocasiões anteriores, os ‘encarnados’ somaram sempre mais pontos e atingiram por três vezes os quartos de final (2005/06, 2011/12 e 2015/16), enquanto os ‘azuis e brancos’ tombaram sempre na fase de grupos.

Mesmo quando ambos caíram para a Liga Europa, ao serem terceiros dos respectivos agrupamentos, em 2013/14, o conjunto da Luz foi mais longe, ao atingir a final, então a segunda seguida, com os ‘dragões’ a ficarem-se pelos ‘quartos’.

A primeira vez que benfiquistas e portistas foram as únicas equipas lusas na fase de grupos aconteceu em 1998/99, com as ‘águias’ a terminarem no segundo lugar do Grupo F, com oito pontos, e os ‘dragões’ em terceiro do A, com sete.

Com cinco golos de Nuno Gomes, os ‘encarnados’ superaram PSV e HJK Helsínquia, mas cederam para o Kaiserslautern, enquanto os portistas ficaram atrás de Olympiacos e Croacia Zagreb e apenas à frente -- e com os mesmos pontos -- do Ajax, mesmo com sete tentos de Zlatko Zahovic.

Apesar de ter sido segundo do seu agrupamento, o conjunto então comandado pelo escocês Graeme Souness falhou os ‘quartos’ -- ainda não havia ‘oitavos’ -, reservados aos seis vencedores dos grupos e aos dois melhores segundos.

Os dois conjuntos voltaram a ser os únicos representantes do futebol nacional em 2005/06 e, num duelo de treinadores holandeses, o Benfica, de Ronald Koeman, foi muito melhor do que o FC Porto, de Co Adriaanse.

Os ‘encarnados’ ultrapassaram a primeira fase, após um triunfo caseiro (2-1) a acabar sobre o Manchester United, de Cristiano Ronaldo, que eliminaram, depois afastaram o detentor do cetro Liverpool (1-0 em casa e 2-0 fora) e só caíram nos ‘quartos’, perante o FC Barcelona, que venceria a prova.

Em polo oposto, os portistas conseguiram a ‘proeza’ de ficar no último lugar do seu agrupamento, atrás de Inter de Milão, Glasgow Rangers e do mais do que modesto Artmedia.

Os dois clubes só voltaram a estar a sós, na representação lusa, em 2011/12 e a história foi muito idêntica, com os ‘encarnados’, de Jorge Jesus, a ‘brilharem’, repetindo a presença nos quartos de final.

A formação da Luz venceu, invicto, um grupo com Basileia, Manchester United e Otelul Galati, e superou o Zenit nos oitavos de final, para cair nos ‘quartos’ também face ao que viria a ser o campeão da Europa, o Chelsea.

Quanto ao FC Porto, voltou a falhar, sendo terceiro do seu grupo, atrás de APOEL Nicósia e Zenit e à frente do Shakhtar Donetsk. Tombou para a Liga Europa e caiu logo nos 16avos de final, face ao Manchester City (1-2 em casa e 0-4 fora).

Dois anos depois, o Benfica foi, uma vez mais, melhor do que o FC Porto na fase de grupos, mas mesmo somando o dobro dos pontos (10 contra cinco), não seguiu para os ‘oitavos’.

Ambos caíram na Liga Europa, com os lisboetas a chegarem até à final, para caírem no desempate por grandes penalidades perante o Sevilha, que, nos quartos de final, afastara os ‘dragões’ (0-1 fora e 4-1 em casa).

Na última ‘batalha’ a dois, em 2015/16, o Benfica, já de Rui Vitória, foi muito mais forte do que o FC Porto, ao conseguir nova presença nos quartos de final, enquanto os ‘azuis e brancos’ não passaram a fase de grupos.

Os ‘encarnados’ foram segundos do Grupo C, atrás do Atlético de Madrid, que até venceram no Calderón (2-1), e à frente de Galatasaray e Astana. Nos ‘oitavos’, superaram o Zenit (1-0 em casa e 2-1 fora), para depois serem afastados pelo Bayern Munique (0-1 fora e 2-2 na Luz).

Bem diferente, foi o percurso do FC Porto, que, no Grupo G, não ‘pôde’ com Chelsea e Dinamo Kiev, superiorizando-se apenas com o Maccabi Telavive, o que conduziu à Liga Europa, para perder logo nos 16avos de final, com o Borussia Dortmund (0-2 na Alemanha e 0-1 no Dragão).

Na sexta edição do ‘mano a mano’ entre Benfica e FC Porto na fase de grupos da ‘Champions’, em 2018/19, as ‘águias’ defrontam Bayern Munique, Ajax e AEK Atenas e os ‘dragões’ Lokomotiv Moscovo, Schalke 04 e Galtasaray.

Outras Notícias