PSP Madeira recomenda condutores a “limitar circulação automóvel ao indispensável”

Esta semana, registou-se um aumento de 9 acidentes de viação na Madeira

12 Out 2018 / 16:54 H.

Através de um comunicado hoje dirigido à imprensa, o Comando Regional da Polícia de Segurança Pública da Madeira informa que, relativamente à sinistralidade rodoviária verificada no período compreendido entre os dias 5 e 11 de Outubro de 2018, ocorreram um total de 77 acidentes de viação na Região.

Os ditos acidentes foram distribuídos pelos seguintes Concelhos: Funchal (43), Câmara de Lobos (7), Ribeira Brava (2), Ponta do Sol (2), Calheta (3), Porto Moniz (1), São Vicente (2), Santana (2), Machico (3), Santa Cruz (11) e Porto Santo (1).

Este número de sinistros resultou num total de 2 feridos graves (Santa Cruz) e 24 feridos ligeiros (14 no Funchal, 1 em Câmara de Lobos, 2 em Porto Moniz, 2 em São Vicente, 1 em Santana, 2 em Machico e 2 em Santa Cruz.

As tipologias dos referidos acidentes de viação foram as seguintes: Atropelamento (1), Colisão (52), despiste (17) e outros (7).

De referir que, na presente semana, registou-se um aumento de 9 acidentes de viação relativamente à semana anterior, sendo que também aumentaram o número de feridos graves e de feridos ligeiros (mais 3 respectivamente).

Quanto às causas destes acidentes verificamos um aumento do número de colisões (mais 2, dos despiste (mais 3) e uma diminuição dos atropelamentos (menos 2).

Durante o referido hiato temporal, o Comando Regional da PSP desenvolveu ainda uma série de operações de fiscalização rodoviária, que resultaram: na materialização de 13 detenções por condução sob o efeito do álcool (6 no Funchal, 5 em Câmara de Lobos, 1 na Ribeira Brava e 1 em Santa Cruz) e 2 Detenções por falta de habilitação para a condução no Funchal e na Ribeira Brava.

Dada a existência de um aviso de forte agitação marítima, ventos e precipitação para o presente fim-de-semana na Região Autónoma da Madeira, as autoridades aconselham os condutores “a evitarem as vias de trânsito junto à orla costeira, limitando a circulação automóvel ao indispensável. Deverá ser dada especial atenção à condução em condições climatéricas adversas, moderando a velocidade em função não só da sinalização existente como também da visibilidade e condições da via”.

Por último, a PSP recomenda o acompanhamento da situação prestando atenção às comunicações do Serviço Regional de Protecção Civil da Madeira.

Outras Notícias