“Não há ocorrências e a fase crítica [da ‘Leslie’] já foi ultrapassada”

13 Out 2018 / 12:31 H.

A passagem da tempestade ‘Leslie’ pela Madeira não trouxe consequências de maior. “Não há ocorrências e a fase crítica já foi ultrapassada”, afirmou, há pouco, o presidente da Protecção Civil, José Dias.

O ponto da situação feito pelo Serviço Regional de Protecção Civil regista apenas algumas quedas de árvores, casos que o presidente considera “normais num dia típico de Inverno”. No entanto, até às 18 horas está previsto o aumento do vento, pelo que se mantêm todos os meios “em permanente vigilância”.

Tal como o DIÁRIO já tinha avançado, a rajada de vento mais forte atingiu os 118 km/h, no Lombo da Terça.

As recomendações à população mantêm-se: tentar circular o menos possível e manter-se afastados da orla costeira e das zonas montanhosas.

Também Miguel Albuquerque garantiu que todos os meios estão empenhados nesta situação. “Estamos preparados”, garantiu o presidente do Governo Regional.

Os responsáveis pela Protecção Civil e Governo Regional falavam na sede desse serviço, em declarações à RTP-Madeira e Antena 1 Madeira.

Outras Notícias