Enchente no MUDAS justifica aposta na diversificação cultural

11 Set 2018 / 16:41 H.

Foi com ‘casa cheia’ que o MUDAS. Museu de Arte Contemporânea acolheu, no passado sábado, a peça ‘Lindos Dias!’, de Samuel Beckett, projecto que contou com as interpretações de Cucha Carvalheiro e Luís Madureira e com a encenação de Sandra Faleiro, numa produção da Companhia Causas Comuns, em parceria com o Teatro São Luiz.

A iniciativa, integrada na II Temporada do MUDAS.HOTsummer, cumpre o calendário daquela que tem sido, para a Secretária Regional do Turismo e Cultura, Paula Cabaço, “a excelente e diversificada programação deste espaço, no âmbito do MUDAS.HOTSummer, com propostas que têm vindo a cativar e a surpreender o público mas, sobretudo, a confirmar o sucesso da aposta do Governo Regional na maior diversificação, qualificação e atractividade da oferta cultural ao público, associando-a a diferentes expressões artísticas”.

“Estamos todos de parabéns com mais esta iniciativa e estamos, sobretudo, altamente satisfeitos pelo facto de termos conseguido lotação esgotada numa peça que se espera repetir, na Região, em outros espaços e chegando a outros públicos”, salientou, enfatizando “a crescente afluência do público às propostas culturais aqui apresentadas, o que naturalmente abona a favor da afirmação do MUDAS e da oferta cultural da Região, entendida como um todo”.

Com mais de 11.000 visitantes no primeiro semestre deste ano e crescendo, progressivamente, na sua oferta, este espaço, tutelado pelo Governo Regional, tem vindo a incentivar e evidenciar a criação contemporânea na Madeira e a garantir que, fora do Funchal, se concretizem excelentes projectos culturais, disponíveis a toda a população, residente e visitante, dando, simultaneamente, a oportunidade, aos artistas regionais, para exporem e valorizarem as suas criações.

Outras Notícias