Quatro utentes assistidos no hospital após libertação de cloro em piscina de Odivelas

18 Jul 2019 / 00:03 H.

Quatro utilizadores das piscinas municipais de Odivelas foram hoje assistidos no Hospital Beatriz Ângelo, na sequência da libertação de gases com cloro, mas já tiveram alta hospitalar, disse o vereador da Proteção Civil do município.

O Comando Distrital de Operações de Socorro (CDOS) de Lisboa indicou à Lusa que o “derrame de cloro” provocou oito feridos ligeiros, sendo que, destes, quatro tiveram de ser transportados para o Hospital Beatriz Ângelo, no concelho de Loures.

Em declarações à Lusa, o vereador João Paulo da Cruz António explicou que, pelas 12:30, depois de dois funcionários sentirem “irritação nos olhos”, o espaço foi evacuado em “menos de dez minutos”, apontando como causa da ocorrência uma “fuga de gases com cloro” proveniente de um “recipiente com químicos que continha cloro”.

O autarca contou que após a troca da tampa desse recipiente, os níveis voltaram ao normal, acrescentando que a piscina possa ser reaberta ainda no decorrer do dia de hoje.

O alerta para este incidente foi dado às 12:29, tendo sido mobilizados para o local 18 operacionais, apoiados por oito viaturas.

Tópicos

Outras Notícias