‘Helene’ não provocou danos humanos, nem materiais nos Açores

Protecção Civil dos Açores registou 10 ocorrências na passagem da tempestade tropical

16 Set 2018 / 13:59 H.

A Protecção Civil dos Açores registou 10 ocorrências, na noite de sábado e na madrugada de hoje, devido à passagem da tempestade tropical Helene, mas “sem danos humanos, nem materiais”.

“A maioria das situações ocorreu na ilha das Flores, mas sem provocar danos humanos, nem materiais, estando relacionadas com quedas de árvores e uma pequena derrocada”, adiantou o Serviço Regional de Protecção Civil e Bombeiros dos Açores (SRPCBA), numa nota de imprensa.

Segundo o presidente da Proteção Civil dos Açores, Carlos Neves, “foram pequenas situações que, em alguns casos, obstruíram estradas, mas que foram prontamente resolvidas”.

A passagem da tempestade tropical Helene deixou todas as ilhas do arquipélago sob aviso amarelo e laranja, devido às previsões de precipitação forte, vento e agitação marítima, tendo as ilhas do grupo ocidental (Flores e Corvo) estado sob aviso vermelho até à meia-noite.

O Instituto Português do Mar e da Atmosfera (IPMA) mantém todas as ilhas do arquipélago sob aviso amarelo, mas prevê “uma melhoria do estado do tempo”.

Segundo Carlos Neves, o dispositivo operacional montado para dar resposta à passagem da tempestade tropical “foi desmobilizado no início da manhã”.

“As medidas de reforço e as recomendações da Protecção Civil seguidas pela população contribuíram fortemente para superar as situações de forma eficiente”, frisou o presidente da Protecção Civil.