Governo trará à AR eventual injecção extraordinária no Novo Banco

Lisboa /
27 Jan 2020 / 12:04 H.

O ministro das Finanças, Mário Centeno, reiterou hoje que o Governo “não está a negociar nenhuma injecção extraordinária” no Novo Banco, mas disse que caso existam operações desse tipo, “terão que vir” a debate na Assembleia da República.

“Se e quando elas existirem, elas terão que vir a esta Assembleia da República. É esse um compromisso que aqui fica”, disse Mário Centeno sobre eventuais injecções de capital extraordinárias no Novo Banco, durante o debate na especialidade sobre a proposta de lei do Orçamento do Estado para 2020 (OE2020).

Tal como tinha dito em Bruxelas no dia 20 de Janeiro, Mário Centeno assegurou que “o Governo não está a negociar nenhuma injecção extraordinária daquelas que têm vindo a lume na imprensa”, e que “não há nenhuma negociação, não há nenhuma proposta, estamos muito longe disso acontecer.