Bruxelas volta a prolongar regime de garantias estatais para empréstimos do BEI

20 Mai 2019 / 12:21 H.

A Comissão Europeia voltou hoje a prolongar, até 20 de Novembro de 2019, o regime de garantias estatais a bancos que prestam garantia aos empréstimos do Banco Europeu de Investimento (BEI) a empresas portuguesas, em vigor há seis anos.

Em comunicado, o executivo comunitário justifica a decisão por considerar que o prolongamento do regime está em linha com as regras sobre ajudas estatais para instituições financeiras adoptadas em 2013, durante a crise económica e financeira, em particular por ser “bem dirigido, proporcional e [as ajudas] serem limitadas no tempo e no seu alcance”.

“O prolongamento do regime permitirá a continuação do financiamento concedido pelo BEI à economia real e evitará a ruptura do crédito atribuído pelo BEI através de todos os bancos que participam no regime”, aponta Bruxelas.

Este regime foi inicialmente aprovado em junho de 2013, tendo sido já prolongado diversas vezes, a última das quais em Agosto de 2018.